Não é só ganho de peso: falta de vitamina D também pode causar queda na libido

libido desejo impotencia 117 400x800
ANDRE ADAMS/SHUTTERSTOCK
Os fatores que impactam, direta ou indiretamente, na perda e ganho de peso são muitos e variados e, segundo estudos, os níveis de vitamina D no organismo é um deles. Como possui ações cerebrais indutoras de saciedade, sua falta pode dificultar o emagrecimento e comprometer a metabolização da gordura.

Além de atrapalhar a eliminação de quilos extras, a falta de vitamina D ainda pode afetar a pressão arterial e a função imune, fatores relacionados a doenças cardíacas e alguns tipos de câncer, e, de acordo com pesquisas, provocar até mesmo queda na libido.

Falta de vitamina D diminui o desejo sexual

vitamina d capsulas 0816 400x800
NATCHAS/SHUTTERSTOCK

PUBLICIDADE

 

De acordo com estudos a vitamina D desempenha importante papel na libido em ambos os sexos porque impulsiona a produção de testosterona.

Uma pesquisa austríaca publicada no Journal of Clinical Endocrinology e feita 2.299 homens revelou que aqueles apresentavam altos índices de vitamina D tinham também maiores taxas do hormônio sexual masculino.

libido falta sexo 0317 400x800
PAKULA PIOTR/SHUTTERSTOCK

Um outro trabalho científico, divulgado pela revista International Urology and Nephrology descobriu ainda que mulheres com disfunção sexual feminina contavam com níveis mais baixos de vitamina D no sangue.

Com base em 50 mulheres em período pré-menopausa, a pesquisa analisou que a vitamina estava ligada ao baixo desejo sexual, menor excitação, lubrificação da região íntima, menos orgasmos e satisfação, além de dores e desconfortos nas relações.

Como obter quantidades suficientes de vitamina D

oculos sol verao rosto 0.17 400x800
ASIER ROMERO / SHUTTERSTOCK

A maneira mais eficiente de obter vitamina D é através da exposição à luz solar. Ficar pelo menos 10 minutos por dia sob o sol já é suficiente para garantir benefícios. Mas mas alguns alimentos também ajudam a aumentar os níveis de vitamina D, como ovos, fígado, salmão, atum, sardinha, leite, iogurtes e cereais.

Especialistas indicam que, para um adulto jovem, são necessárias 2000 UI (Unidade Internacional, o que equivale a 0,025 mg) de vitamina D por dia.

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *